Há 10 anos Cometa conquistava o título do Estadual de Amadores

418
(Atrás) Wilson (técnico), Holdemar (diretor de patrimônio), Ermínio (massagista), Valentim (presidente), Mico, Milton, Sandro, Vermelho, Dela, Betinho, Rodrigo, Scalon, Jair, Basílio (vice-presidente), Miguel (diretor financeiro). (Frente)Vitor, Givanildo, Michel, Tarcísio, Elver, Ivan, Lírio, Tuco, Jorginho, Diva.

Em 2007 o Esporte Clube Cometa foi em busca de novos horizontes, após vários anos sem vencer um torneio de nível estadual. Nos anos de 1989 conquistou o vice e, em  1990, o título da chamada Copa RBS, competição regional que envolvia as principais equipes do oeste catarinense. Anos depois este torneio passaria a chamar-se Campeonato Estadual de Amadores. Nos anos 2000 nem participava mais da competição. No final de 2006 o Leão da Montanha, que passou a ser presidido por Valentim Lauschner, lançou o desafio de dar prioridade somente às competições estaduais, na tentativa de projetar o clube para outros horizontes.

“Não foi fácil na época, dadas as condições em que o clube se encontrava naquele momento. Muita coisa precisava ser feita. Mas, tivemos o apoio da comunidade, do empresariado itapiranguense e do poder público”, resume Valentim.

O outro objetivo era amenizar a rivalidade existente entre Cometa e clubes do interior.

“Queríamos amenizar estas diferenças, dar oportunidades às equipes do interior e canalizarmos nossas forças no estadual”, complementa.

Hoje, Valentim é o vice-presidente do Clube. De lá para cá sempre esteve envolvido na direção e se dedicando às aspirações do Leão da Montanha.

A iniciativa do então presidente e seus comandados deu certo, e foi animadora já no primeiro ano de estreia, em 2007. O Cometa, que tinha na época o itapiranguense Wilson Schneiders como técnico e um de seus principais jogadores, o atacante Diva (José G. Lauer), chegou à final  da fase oeste do Estadual juntamente com a equipe do Oeste Esporte Clube Chapecó. O primeiro confronto aconteceu no Estádio Índio Condá em 29 de julho de 2007, onde o Cometa havia levado a melhor, vencendo por 1 a 0. O gol, claro, foi marcado por Diva. Na semana seguinte, no dia 05 de agosto, a grande final no Estádio da Montanha. Talvez jamais aquele estádio tenha presenciado tanta gente. Não havia lugar para mais ninguém. Era o Cometa na final do Estadual de Amadores – Fase Oeste, um triunfo em sua reestreia em competições estaduais.

Escrevia o colunista Ênio Pauli em sua matéria de 09 de agosto de 2007 do Jornal Expressão:

“Diante de quase  três mil espectadores o Leão da Montanha foi logo mostrando as garras. Aos 4 minutos de jogo, numa sobra de bola, o goleador Diva não perdoou, inaugurando o placar. Mas o Oeste Chapecó, apresentou um futebol bonito, às vezes até envolvente e o experiente e oportunista Índio, deixou tudo igual aos 25 minutos do primeiro período.  O Cometa estava determinado e queria o título. No final do primeiro tempo, numa excepcional cobrança de falta de Jair, a bola encontrou o poste e na sobra, Lírio marcou o segundo. O jogo continuava equilibrado, de certa forma com o placar indefinido, quando por volta dos 35 minutos do segundo tempo, mais uma vez Lírio recebeu a bola driblou o goleiro adversário e fuzilou. Era o que faltava, para a festa começar. O imenso público, começou a soltar o grito de “é campeão”. Daí para diante, tudo era festa”.

Diva foi o goleador daquele ano com 19 gols marcados. Dellacir foi o goleiro menos vazado com apenas 11 gols sofridos.

O Cometa despontava como um dos principais clubes do futebol amador do estado. Isto viria a se comprovar dois anos depois quando conquistou novamente a fase oeste do Estadual de Amadores e, em seguida, a fase estadual. Quem novamente estava no comando técnico era Wilson Schneiders. O presidente era Jacinto Soethe. No ano seguinte, em 2010, ficou com o vice do Sul Brasileiro de Futebol Amador, em torneio que teve o Estádio da Montanha como sede dos jogos. Outros triunfos se seguiram. Valentim não deixa de lembrar a iniciativa acertada da inclusão das categorias de base nos projetos do Cometa. Colocada em prática em 2013, a iniciativa social começou a fazer parte dos planos da direção com os principais objetivos: formar atletas e bons cidadãos.

Comemorações

O arrancada do sucesso do Cometa precisa ser comemorada. Para tanto, o Leão da Montanha pretende realizar um cerimonial para relembrar a conquista do título de 2007 na tarde do próximo sábado, dia 5. Uma carreata foi programada para aquela tarde com foguetório, jogos de veteranos e confraternização na sede do clube.